Gilberto Freyre, Casa Grande e Senzala

stivie rud

Gilberto Freyre nasceu no Recife, em 15 de março de 1900, filho do Dr. Alfredo Freyre — educador, Juiz de Direito e catedrático de Economia Política da Faculdade de Direito do Recife — e de D. Francisca de Mello Freyre. Aos seis anos de idade tentou fugir de casa, escondendo-se em Olinda, cidade à qual devotou grande amor. Em 1933, passando por grande dificuldade financeira, hospedou-se em casa de amigos e pensões baratas, mas terminou sua obra máxima Casa Grande & Senzala. Apareceram, em princípios de 1934, nos jornais do Rio de Janeiro os primeiros artigos sobre Casa-grande & senzala, escritos por Yan de Almeida Prado, Roquette Pinto, João Ribeiro e Agrippino Grieco, todos elogiosos. Em 1936 publicou o livro Sobrados e Mocambos. Teve uma vida pública ativa e se tornou uma personalidade internacional como político, escritor e sociólogo.

***** Voce encontra o Jornal batepapo no Facebook, no UOL +, no Youtube, no Google Plus, no diHITT, no Twitter,  no Portal Luis Nassif e no Google Blogger
Compartilhe esta notícia

Anúncios Dentro das Postagens