Minha história no Hotel Bella Vista

Arte de Aurellio
Em 1981 eu morava no Hotel Bella Vista, esquina da Praça Dr. Humberto Sanches (Federal). Na parte de baixo do Hotel Bela Vista funcionava o Bar do Marco Antonio, filho de José Villela Nogueira, junto com o famoso Pastel do Tião Raio. Na época, o fotógrafo Moacir Guerino também morava lá. Muitas vezes, no final da tarde, conversávamos sobre meio ambiente e justiça social, enquanto catávamos enormes e deliciosos abacates no quintal do hotel. No dia 1º de junho de 1981, um domingo, eu tinha ido a Dom Viçoso procurar casa para alugar. Ao chegar em Dom Viçoso, por volta das 12 horas, procurei me informar a que horas aquele ônibus voltaria para São Lourenço. O motorista me falou que aquele fora o último. Então, peguei a estrada e comecei a caminhar de volta para São Lourenço. Não passou nenhum veículo que pudesse me dar carona. Havia caminhado mais de 5 horas sem parar, quando entrei no Hotel Bella Vista e fiquei sabendo que minha filha Poliana tinha nascido. Fui direto para o hospital.

Por Marco Aurélio Dias | São Lourenço Post   |  Veja esta notícia no Uol Mais ou em PDF
Compartilhe esta notícia

Anúncios Dentro das Postagens