Memória Verde de São Lourenço MG e a Fitoterapia

plantas mediciais
O grupo Memória Verde, de São Lourenço, Minas Gerais, é composto por profissionais da sociedade já envolvidos em projetos voluntários nas mais diversas áreas, e agora estão se unindo no interesse pela fitoterapia, ciência que cada vez ganha mais adeptos no mundo todo. O Memória Verde pesquisa os constituintes químicos das plantas (seus princípios ativos, por exemplo), qual a espécie mais potencializada daquela família, as propriedades medicinais, as indicações, as partes utilizadas e seus devidos fins terapeuticos, os modos de uso, etc. É um grupo sério e de interesse social da comunidade porque organiza de forma científica aqueles conhecimentos já tradicionais das famílias mineiras: o chá de broto da goiabeira para curar intestino solto, o geo da babosa para afinar o sangue e prevenir contra enfarte, o chá de hortelã para acalmar a criança agitada ou o adulto nervoso, etc. As plantas medicinais são remédios in natura mais ativos até do que as versões alopáticas combinadas com outros componentes químicos e que muitas vezes causam efeitos colaterais indesejáveis. O grupo Memória Verde, de São Lourenço, MG, portanto, pesquisa as plantas medicinais e seu efeitos de cura no organismo humano.

Por Marco Aurélio Dias 
Veja está notícia no Uol Mais, no Luis Nassif, no Facebook e no Google+
Compartilhe esta notícia

Anúncios Dentro das Postagens